Mídia

Confira as notícias no
nosso blog

A importância do Sistema de Detecção e Alarme de Incêndio

por Mercato Automação

O sistema de detecção e alarme de incêndio, quando instalado de acordo com as normas, é a maneira mais eficaz de alertar os ocupantes do edifício que existe um problema e o local deve ser evacuado.

Para que essa ação seja rápida, a norma exige que a central de incêndio deve ficar em local com constante vigilância, como as portarias de edifícios e salas de segurança por exemplo. Além disso, as sirenes devem ser claramente audíveis por toda a edificação. Evitando dessa maneira, maiores danos materiais ou até mesmo a perda de vidas humanas.

Para garantir o funcionamento constante da central, a mesma deve ter duas fontes de alimentação de energia. A primeira é a própria fonte de energia da edificação. A segunda, auxiliar, é composta por baterias, nobreaks ou geradores. Em caso de queda de energia a fonte auxiliar deve ter autonomia mínima de 24 horas em regime de supervisão e de 15 minutos em regime de acionamento (alarmes disparados).

 

Qual a diferença entre o Sistema Convencional e o Sistema Endereçável?

O que vai influenciar na escolha do tipo de sistema que deve ser instalado são as características da edificação, e critérios como prazos de execução e capacidade de investimentos.

A principal diferença entre os dois sistemas, é que o endereçável permite que seja identificado cada um dos periféricos conectados a central. Dessa maneira é possível saber onde está ocorrendo o sinistro ou avaria, pois a central indica o nome do ambiente conforme configuração do dispositivo.

 

Mas vamos entender um pouco mais sobre cada um dos sistemas:

Sistema Convencional

É um sistema mais básico e comumente utilizado em áreas pequenas ou que não possuam muitas compartimentações. Quando o sistema é atuado, é possível identificar na central apenas a área protegida (laço) e não qual dispositivo foi acionado.

Imagine o caso de um edifício com muitas compartimentações e que usa apenas um laço para cobrir diversas salas. Se ocorre um disparo fica muito difícil para a brigada de incêndio saber onde atuar. São minutos que podem fazer a diferença entre o controle do princípio de incêndio com baixa avaria, ou a grandes prejuízos financeiros e até a perda de vidas humanas.

 

Sistema Endereçável

Neste tipo de sistema, cada detector ou botoeira é eletronicamente codificado com uma identificação individual (endereço), que é programado no dispositivo durante a instalação.

A central de comando tem a capacidade de estabelecer comunicação bidirecional com qualquer um dos dispositivos endereçáveis ligados ao sistema, utilizando o endereço único para definir qual o dispositivo com que pretende comunicar. Em funcionamento normal, a central de comando interroga cada dispositivo sequencialmente, utilizando um sinal digital e analisa a resposta de forma a determinar o estado do sensor ou botoeira.

Desta forma, a central está certa sobre quando cada dispositivo funciona corretamente e também sabe a quantidade de fumaça ou calor que cada dispositivo detecta. Esta tecnologia permite à central decidir quais as ações apropriadas a tomar, tendo como base a informação recebida de cada dispositivo.

Isto traz muitas vantagens. Por exemplo, um aumento lento da densidade de fumaça vista por um sensor pode provocar na central um aviso ou condição de pré-alarme antes de a situação se tornar grave.

Um benefício prático desta tecnologia é a situação onde partículas de poeira presentes no ar entram no detector e imitam a presença de fumaça. Ao longo do tempo, a concentração de pó pode aumentar a ponto de causar uma situação de falso alarme. Com um sistema endereçável, normalmente será provocada uma situação de pré-alarme antes de um alarme geral, dando a oportunidade ao usuário do sistema de limpar ou substituir o detector em vez de enfrentar situações de falso alarme.

Se durante a interrogação constante que faz aos detectores de fumaça e temperatura, a central determinar que a informação recolhida é apropriada para gerar uma situação de fogo, falha ou pré-alarme, utiliza o endereço para determinar qual dispositivo enviou a informação. Logo, a central pode identificar sem erros qual o dispositivo exato desencadeou a situação.

Este nível de tecnologia elimina a necessidade de cada zona do edifício ser ligada como um circuito separado. Por esta razão, os componentes de sistemas endereçáveis são ligados à central utilizando um baixo número de grandes circuitos em anel (loops), simplificando a instalação do sistema e reduzindo o custo de instalação.

Os detectores funcionam como sensores, comunicando continuamente com a central e enviando informação relativa à temperatura ou concentração de fumaça no seu ambiente local.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A Mercato é a distribuidora da marca EATON no mercado brasileiro e atua como uma especialista entregando aos clientes o correto dimensionamento dos produtos conforme a aplicação específica, possui estoque a pronto entrega para projetos e reposições, presta suporte técnico e garantia direta de todos os seus produtos.


Ficou interessando ou quer conhecer melhor nossas soluções? Entre em contato com nossa equipe de especialistas através do e-mail comercial@mercatoautomacao.com.br ou pelo telefone (51) 3115-9850.

FALE
CONOSCO

*Preenchimento obrigatório

Deixe seu comentário ou dúvida:

Net Orders Checkout

Item Price Qty Total
Subtotal R$ 0,00
Shipping
Total

Shipping Address

Shipping Methods